top of page

PERSONALIDADES DA RÁDIO HOMENAGEADAS NO TEATRO GUAÍRA

Atualizado: 11 de jul. de 2023

O espetáculo teatral infantil RÁDIO SALTIMBANCOS homenageou personalidades da rádio em sua reestreia no Teatro Guaíra neste final de semana!


Os homenageados foram Chico Nogueira, Família Honorio, Familia Barone e Jasson Goulart.


Foto: Claudia Zanca


CHICO NOGUEIRA nasceu em Curitiba e, desde pequeno, acostumou-se a acompanhar seus pais a programas de auditório transmitidos pelas Rádios Clube Paranaense e Guairacá, ambas na mesma quadra da Rua Barão do Rio Branco. Aluizio Finzetto e Belarmino e Gabriela eram os principais apresentadores da época e dominavam aquelas noites em que ainda não havia televisão nos lares da cidade. Sempre se mostrou interessado pelos aspectos técnicos das rádios e, quando já tinha onze anos, acompanhado de dois colegas de colégio, começou a frequentar os estúdios daquelas mesmas rádios da infância. Curioso como poucos, foi bem acolhido por vários apresentadores, atores e técnicos que atuavam ali - e dividiam suas atividades pelas ondas sonoras e pelas imagens dos canais 6 e 12, que ainda engatinhavam na cidade. Conheceu e também passou a frequentar os programas da Rádio Independência, que se localizava no andar mais alto do Edifício Asa, na Praça Osório. Ao mesmo tempo que descobria os meandros da locução e tal, ousava também conhecer os muitos aspectos técnicos do som, o que, é certo, o levou a trilhar também uma outra profissão: a sonoplastia de teatro. Voltando lá aos anos 60, colaborou durante um bom tempo em programas de humor na Rádio Clube (PRB2), onde conheceu e pode privar da amizade de vários apresentadores e atores, como Sinval Martins, Odelair Rodrigues, Mario Vendramel, Lourdes Bergman, Lala Schneider, Sileide Costa, Rubens Rollo, Isa Machado e Claudete Barone. Já adulto, de 1998 a 2002, foi diretor do Museu da Imagem do Som do Paraná, onde pode reviver e fazer reviver as boas histórias dos anos em que as rádios dominavam os lares dos paranaenses, principalmente dos curitibanos. Em 2013, recebeu (e aceitou) um convite de seu amigo Luiz Antonio Ferreira para firmarem parceria num programa na Rádio Mundo Livre. Um misto de rock e comentários sobre cinema (outra grande paixão). Durante quase dez anos, no programa ROCK'N'MOVIE, lá esteve Herr Nussbaum (alter ego de Chico) mantendo contato semanal com os ouvintes interessados na sétima arte e em como o rock podia se mesclar às imagens projetadas nas telonas.


FAMÍLIA HONORIO E FAMÍLIA BARONE. Tudo começou quando Alceu Honorio, aos 14 anos, se apaixonou pelo rádio e foi trabalhar como Disk Jóquei. Logo se transformou num ator renomado das radionovelas no Paraná. RB2, Independência, Rádio Clube. Através do rádio, acabou no Teatro e fez peças de muito sucesso, como por exemplo: Ela é só Society, sucesso absoluto de público. Alceu Honorio passeou pelos veículos de comunicação durante a vida. Dirigiu e produziu a Novela Maria Bueno. Criou a campanha Bicho do Paraná e o programa Meu Paraná, na TV Paranaense e nunca pensou em deixar o nosso estado. A família seguiu o mesmo caminho. Alceu Honorio Junior, hoje na TV Evangelizar, já tem 40 anos de profissão, seguindo os passos do pai. A mais apaixonada pelo Rádio é a Luciane Honorio, jornalista e comunicadora, que já teve passagem por diversas rádios da Capital, podemos citar a 98FM, Rádio Rock, Transamérica Light e Rádio Clube. Na época de ouro do rádio, Alceu conheceu uma jovem chamada Claudete Barone, excelente atriz, que fez seu par romântico em diversas novelas. Claudete estava sempre acompanhada da mãe e da cunhada Janete Barone. A família Barone é a essência da arte em Curitiba e o rádio foi fundamental para essa paixão. A Claudete nos deixou muito cedo, depois de interpretar lindamente a Maria Bueno na televisão. Seu irmão, ANTONIO EDMAR BARONE, o Leão da Suburbana, ficou conhecido pela dedicação ao futebol amador. A sua trajetória como jornalista e radialista começou na década de 50, iniciou com um programa de variedades, mas logo migrou para o esporte. Foi narrador esportivo até 1996, quando, aos 63 anos, morreu de câncer. Muitos que hoje atuam no rádio esportivo começaram a trajetória ao lado de Edmar Barone.  Sua história passa pelas rádios Guairacá, Morumbi, Rádio Paraná, Rádio Cultura, ganhou muitos prêmios e recebeu inúmeras homenagens. A herança de Claudete e Antônio até hoje nos brinda. Jean Barone é músico da Orquestra Sinfônica do Paraná. Silviani Muller Barone é o cara do cinema, diretor e roteirista já está sendo reconhecido pelo mundo, com o curta Alegria, ganhou o Prêmio da Organização do 3º Festival Cine Al Mar em Santa Marta/Colômbia. A apaixonada pelo rádio é a Evelise Barone, que além de ter passado por rádios como Independência, Jovem Pan São Paulo, Educativa, atuando como jornalista e produtora, é uma eterna lutadora desse meio de comunicação. Há quase 20 anos ela trabalha diariamente para que o ouvinte se sinta valorizado e informado. Evelise acredita na importância de quem está do outro lado do aparelho. Ela entende como ninguém dessa arte: entreter e informar.


JASSON GOULART iniciou no rádio na década de 90. Trabalhou na Rádio Paraná ao lado de Emerson Camargo e Mário Gonçalves (grande produtor da época irmão do Zé Vicente, um dos grandes nomes do rádio paranaense). Foi para a Rádio Eldorado onde foi locutor noticiarista e ao lado do Ratinho e outro colegas apresentávamos o Microfone Aberto 1. Ao meio-dia comandava o Microfone Aberto 2. Depois foi para a FM Clube onde comandou a madrugada por 1 ano. Saiu da madrugada e criou, produziu e apresentou o programa romântico Love Club, das 20h as 00h. Recebia cartas e promovia encontros. Foi padrinho de um casal que se conheceu por meio de carta enviada ao programa. Na Rádio Clube AM, produziu e apresentou (na ausência do titular) o programa Algaci Tulio, sucesso também no rádio paranaense. Depois foi para a TV onde está até os dias atuais.


Da esquerda para a direita: Marcio Roberto, Wilyah Schmitt, Douglas Perez, Ligia Honorio,

Jasson Goulart, Jeff Bastos, Evelise Barone, Ingrid Bozza e Joseane Berenda.

Foto: Claudia Zanca


Da esquerda para a direita: Chico Nogueira, Marcio Roberto

Foto: Claudia Zanca


96 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page